Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino

 

palestina bandeiraOs Vereadores do PCP na Câmara Municipal de Lisboa, apresentaram uma proposta, que aguarda agendamento para discussão e votação, com vista a criação de um memorial às vítimas palestinianas tombadas na luta pela edificação do Estado Palestino.


No Dia Internacional de Solidariedade com o Povo

Palestino, os eleitos do PCP destacam esta proposta, que defende:

 

1.Afirmar a solidariedade da Cidade de Lisboa para com o povo palestiniano, pela edificação do Estado da Palestina e pelo direito de retorno dos refugiados palestinianos, de acordo com as determinações das resoluções da ONU.

 

2.Tornar Lisboa num agente activo do apelo para que o Governo Português reconheça de forma plena o Estado da Palestina, conforme recomendação da Assembleia da República.

 

3.Promover a adopção das medidas consideradas necessárias de forma a instalar na cidade de Lisboa, um elemento de arte pública/memorial às vítimas palestinianas tombadas na luta pela edificação do Estado Palestino.

 

4.Providenciar junto da Junta de Freguesia do Parque das Nações, a colocação da bandeira da Palestina no mastro da estrutura existente no Rossio dos Olivais, no Parque das Nações.

 

5.Providenciar a inscrição da Palestina na Toponímia da Cidade.


Lisboa é uma cidade multiétnica e multicultural que deve promover e apoiar iniciativas promotoras da defesa dos direitos dos povos, designadamente do povo palestiniano, e do direito internacional e das resoluções da ONU.

 

Os vereadores do PCP consideram importante reafirmar a solidariedade com a luta do povo palestiniano pelos seus direitos a um Estado viável e soberano da Palestina.

 

Proposta

MEMORIAL ÀS VÍTIMAS PALESTINIANAS TOMBADAS NA LUTA PELA EDIFICAÇÃO DO ESTADO PALESTINO