Instalações dos Serviço de Apoio à Limpeza sem condições para acolher os trabalhadores

CML - Papeleira Em visita ao Posto de Limpeza de Sete Rios onde se encontram instalados os Serviços de Apoio à Limpeza (SAL),assim como os trabalhadores afectos à recolha de resíduos sólidos, o Vereador do PCP na CML Carlos Moura, activistas da CDU e eleita na Assembleia de Freguesia de Benfica, constataram que estas instalações encontram-se em péssimo estado, tendo sido relatado, por exemplo, que durante quase um ano o SAL não teve telefones ou internet.

 

As instalações são exíguas, não estão de acordo com as necessidades, não tem extracção de humidade, não têm pisos antiderrapantes, os vestiários para as trabalhadoras encontram-se num contentor localizado fora do posto, prevendo-se para breve a inclusão de duas funcionárias, o que obrigou à recuperação de um

duche no interior que estava a ser utilizado como arrumos.

 

Devido à exiguidade do Posto, os serviços estão separados em três, estando as chefias em Telheiras, o armazém no Calhariz e o restante em Sete-Rios.

 

Embora estas instalações não sejam da propriedade da CML mas sim da Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica, em virtude de uma permuta com o Posto do Calhariz, esta não pode ser razão para que estes trabalhadores da CML fiquem no esquecimento e sem as condições necessárias para o exercício das suas funções.

 

Estes serviços comportam cerca de 40 trabalhadores – entre os quais 15 mulheres. Tem a seu cargo 15.000 papeleiras espalhadas pela cidade e 14.000 contentores.

 

No final desta visita o Vereador do PCP, comprometeu-se em colocar em reunião de Câmara as questões referidas.