Ganha força a luta pela defesa da estação dos CTT de Xabregas

beato cartazctt2Perante a ameaça de encerramento da estação dos CTT de Xabregas, na freguesia do Beato, em Lisboa, está a decorrer um abaixo-assinado que recolheu já várias centenas de assinaturas de moradores da freguesia. Os subscritores do texto – eleitos do PCP, dirigentes associativos, comerciantes, reformados –, bem como todos aqueles que o têm assinado, consideram «fundamental o serviço que a estação dos CTT presta à população», razão da exigência feita aos CTT: recuar na tentativa de encerrar a estação e melhorar o serviço prestado à população.
No passado dia 21 de Novembro essa exigência ganhou ainda mais força graças à moção apresentada pelo PCP na Assembleia Municipal de Lisboa. No texto da moção, manifestava-se o repúdio por tal medida e a exigência da «manutenção da estação dos correios de Xabregas», o apoio à população e aos comerciantes do Beato «em todas as acções que acharem por bem desenvolver no sentido da manutenção da Estação dos Correios de Xabregas no actual local» e solicitava à Câmara Municipal de Lisboa e à Junta de Freguesia de Beato «uma posição pública e firme em defesa da manutenção da Estação dos Correios de Xabregas».
A moção foi aprovada, sem os votos do CDS e do PPM.
Até haver resposta dos CTT, a luta continua.