Dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher

 

8 marco dia internacional mulher ilustracaoSerá apresentada amanhã, na Assembleia Municipal de Lisboa, a proposta dos eleitos do PCP para a realização de um debate específico para assinalar o dia internacional da mulher.

 

O Dia Internacional da Mulher, jornada comemorativa que representa uma justa homenagem à luta pela igualdade e que mobiliza as mulheres para lutar por melhores condições de

vida e de trabalho, pelos seus direitos próprios, contra todas as formas de opressão e exploração.

 

Esta proposta visa também assinalar o 45º aniversário da revolução de Abril, daí o tema ser “45 anos depois do 25 de Abril, os direitos das mulheres no mundo do trabalho”.

  

A Revolução de Abril foi um marco histórico na vida do país que teve repercussões profundas na vida das mulheres portuguesas. Pela sua própria força emancipadora e fruto de muitas alterações legislativas e sociais, as mulheres usufruíram de extraordinárias medidas em matéria de direitos civis, laborais, de segurança social, do direito da família, de protecção da maternidade e paternidade, que levou a uma melhoria das suas condições de vida e de trabalho. Passados 45 anos depois do 25 de Abril, a presença das mulheres no mundo do trabalho é bastante diferente, com uma participação quantitativa e qualitativa crescente, num percurso de conquistas mas também de obstáculos e discriminações que urge serem ultrapassados.

 

É necessária uma verdadeira política de igualdade, inseparável da justiça social, dos valores e direitos de Abril, do progresso social e económico do país. Ao efectivar os direitos das mulheres, na lei e na vida, transforma-se a sua condição social e garante-se a sua participação em igualdade, valorizando as suas competências e saberes no plano profissional, social, político, cultural e desportivo.

 

Ganham as mulheres e ganha a sociedade portuguesa.

 

Consulte a Proposta:

Dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher