Teatro Maria Matos - PCP requer debate potestativo em Assembleia Municipal

pcp teatromarianatosPassado cerca de um mês desde que os lisboetas e os eleitos locais foram confrontados com a intenção da Câmara de concessionar o Teatro Maria Matos a uma entidade privada, seguindo o modelo do Teatro Capitólio, a CML continua sem apresentar proposta e não promoveu qualquer discussão sobre o novo modelo de gestão em nenhum dos órgãos municipais.

O PCP rejeita a concessão a entidade privada de um Teatro que faz parte do património de todos os lisboetas e já requereu um debate potestativo em sede de Assembleia Municipal, marcado para a próxima terça feira dia 16 pelas 15h, para que seja esclarecido o que vai ser daquele equipamento, daquele espaço e das pessoas que lá trabalham.

O PCP reafirma o seu compromisso na defesa de uma política cultural pública para a cidade de Lisboa, que oiça toda a comunidade envolvida: a população, os agentes culturais, os trabalhadores da área.